fbpx

viagem-uruguai-noticia

Olá amados!

Durante os dias 15 a 25 de fevereiro estivemos com um grupo de 12 pessoas na cidade de Montevideo, Uruguai para realizarmos um trabalho missionário em parceria com a Igreja Batista “El Ancla”.

O Grupo de voluntários eram todos membros da Primeira Batista: Maria Helena, Carla Rottlisberger, Luiza Rottlisberger, Valdelice Silvestre, Carlos Lima, Karllen Regina, Poliana Gonçalves, Caio César, Lúcia Pereira, Suelen Castro e Tayane Salgado, todos liderados por mim, Filipe Breder.

A igreja El Ancla é uma pequena igreja com cerca de 60 membros na capital do Uruguai, é uma igreja com a maioria de jovens que nos receberam muito bem e logo já se entrosaram com todos.

Durante o primeiro dia tivermos a oportunidade de conhecer os irmãos da igreja e conversar sobre a realidade do Uruguai, um país com grandes desafios. O humanismo faz parte da cultura, a grande maioria se considera ateu ou agnóstico, as pessoas estão indiferentes ao evangelho. Muitos uruguaios consideram o país uma nova Europa, fria e secular. A maconha, aborto e casamentos homossexuais já são liberados por lei. O evangelho é difícil de ser pregado, exige relacionamento e testemunho para que as pessoas sejam impactadas com a verdade.

Começamos nosso trabalho com as crianças de uma congregação da igreja em um bairro pobre e violento de Montevideo, foi impactante ver a necessidade do evangelho integral que transforma. Nestes dias pudemos deixar nossa marca e a semente do evangelho na vida dos moradores do bairro. As crianças ouviram do evangelho através de músicas, palhaços, jogos e histórias, elas podem ter a esperança que existe um outro caminho de paz e abundância além da violência daquele bairro.

Como o evangelismo de porta em porta é difícil na realidade do Uruguai, nossa estratégia foi tentar impactar e evangelizar nas feiras e nas praças. Chegávamos nesses lugares cantando e doando bíblias, e como éramos estrangeiros, conseguimos com mais facilidade criar um vínculo para conversar com os uruguaios e muitos escutaram do evangelho. Agora precisamos orar por todos esses que receberam a semente.

Estes dez dias foram impactantes, agradecemos a Deus pela igreja que nos recebeu tão bem e a todos que oraram por nós. Continuem orando pela salvação do Uruguai.

Em Cristo,

Filipe Breder

Servindo ao Senhor em Campo Grande – MS.