IDENTIDADE

HISTÓRIA

Organizada em 29 de dezembro de 1917, nasceu a Primeira Igreja Batista de Campo Grande, com 18 membros, filha da Igreja Batista em Corumbá.

O Pr. Silidônio Urbieta foi empossado o primeiro pastor. A sede mais comum das reuniões era a casa do irmão José Leopoldino Ferreira.

Em 11/08/18 a igreja se instalou em um salão situado na Rua 13 de Maio, esquina com a atual Rua Barão do Rio Branco. A pedra fundamental para a construção do templo da igreja, foi assentada no dia 09/03/19.

Veja abaixo os pastores que fizeram parte da nossa história e por quanto tempo permaneceram nos abençoando, as igrejas que são nossas filhas e a história dos batistas.

PASTORES

  • Pr. Silidonio Urbieta: 29/12/17 a 29/12/18
  • Pr. Ernest A. Jackson: 02/08/19 a 08/06/22
  • Pr. W. B. Sherwood: 08/06/22 a 01/09/30
  • Pr. Egydio Gióia: 14/12/30 a 17/12/34
  • Pr. W. B. Sherwood: 16/01/35 a 04/01/43
  • Pr. Rafael Gióia Martins: 10/01/43 a 07/12/47
  • Pr. Gerson Oliveira: 20/05/49 a 06/07/49
  • Pr. Altino Vasconcelos: 07/08/50 a 31/12/56
  • Pr. Ney Ângelo Pereira: 26/01/57 a 29/12/63
  • Pr. Jonathan de Oliveira: 31/12/63 a 29/12/90
  • Pr. Gilson Breder: 02/02/91 até o presente

IGREJAS FILHAS

  • Segunda Igreja Batista – Campo Grande – MS
  • Terceira Igreja Batista – Campo Grande – MS
  • Quarta Igreja Batista – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista do Castelo – Campo Grande – MS
  • Primeira Igreja Batista – Três Lagoas – MS
  • Igreja Batista – Camapuã – MS
  • Igreja Batista – Rio Negro – MS
  • Igreja Batista – Coxim – MS
  • Igreja Batista – Rio Verde de MT
  • Igreja Batista – Pedro Gomes – MS
  • Igreja Batista – Nioaque – MS
  • Igreja Batista Estrela D’alva – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista – Ponta Porã – MS
  • Igreja Batista – Rondonópolis – MT
  • Igreja Batista – Bela Vista – MS
  • Igreja Batista – Sidrolândia – MS
  • Igreja Batista – Jaciara – MT
  • Primeira Igreja Batista – Cuiabá – MT
  • Igreja Batista – Guia Lopes da Laguna – MS
  • Igreja Batista Nova Jerusalém – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista – Ribas do Rio Pardo – MS
  • Igreja Batista Memorial – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista – Bandeirantes – MS
  • Igreja Batista de Vila Carlota – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista Monte Sião – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista do Calvário – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista – São Gabriel do Oeste – MS
  • Igreja Batista – Barra do Bugres – MT
  • Igreja Batista Conj. Rouxinóis – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista Colibri – Campo Grande – MS
  • Missão Batista – Bodoquena – MS
  • Terceira Igreja Batista – Corumbá – MS
  • Igreja Batista do Monte Castelo – Campo Grande – MS
  • Missão Batista Elyon – Campo Grande – MS
  • Igreja Batista Nova Vida – Campo Grande – MS
  • Missão Batista – Jaraguari – MS
  • Missão Batista em Rochedo – MS

HISTÓRIA DOS BATISTAS

VALORES

O QUE PRIORIZAMOS:

  1. Estudo sistemático da Palavra de Deus – A Bíblia é o centro
  2. Vida cheia do Espírito Santo
  3. A pessoa integral
  4. A família
  5. Ética cristã como estilo de vida
  6. Excelência nos relacionamentos (baseados no amor)
  7. Liberdade e responsabilidade da pessoa
  8. Ministração pessoal através dos dons espirituais
  9. Liderança qualificada segundo a Bíblia
  10. Qualidade em serviços
  11. Contextualização na comunicação do Evangelho
  12. Estrutura simples e funcional
  13. Diversificação no atendimento às pessoas
  14. Integração da Igreja com a Sociedade (relevância e serviço)
  15. Um orçamento que evidencie a visão
  16. Ser referência de serviço à nossa denominação batista

FILOSOFIA

DOUTRINAS E NORMAS (EM QUE CREMOS):

  • Na Bíblia e na Declaração de Fé dos Batistas Brasileiros.

Clique na opção desejada para visualizar:

  1. Declaração Doutrinária da Convenção Batista Brasileira
  2. Filosofia da Convenção Batista Brasileira
  3. Princípios Batistas

INTRODUÇÃO AO MODELO DA IGREJA MULTIPLICADORA

Nós somos uma igreja baseada em pequenos grupos, que chamamos de PGMs. Funcionamos no modelo da Igreja Multiplicadora.

Dentro dos PGMs utilizamos o discipulado um a um. Isso baseia-se naquilo que entendemos, pelos relatos bíblicos, que foi a prática usada por Jesus e pelos apóstolos no que diz respeito ao relacionamento e a formação dos seus discípulos. Cremos que apesar deles terem muitos momentos em pequenos grupos, grande parte do processo do discipulado foi realizado no relacionamento um a um. Para esse método de discipulado um a um, usamos a sigla RD, que significa: Relacionamento Discipulador.

Essa sigla nos caracteriza e nos identifica como uma igreja que acredita no princípio do discipulado um a um, onde todos os membros, o quanto possível, estão sendo discipulados pessoalmente e também fazendo discípulos para Jesus de forma intencional, sistemática e pessoal.

A IGREJA LOCAL É O CORAÇÃO DO REINO DE DEUS

Sem a Igreja Local não existiria a Igreja Universal, pois ela é formada de cada comunidade de discípulos – eis o porquê da importância dispensada a esta tão preciosa e sublime família espiritual.

Se as igrejas locais de uma cidade forem fortes e abençoadas, o Reino de Deus será forte e abençoado naquela cidade. Mas para isso acontecer é necessário que eu e você “vistamos a camisa” da nossa Igreja, procurando compreender a sua visão e nos comprometendo sem reservas para que ela seja saudável. Não nos consideramos a única Igreja certa do mundo, mas cremos que Deus tem nos dado uma visão bíblica e queremos ser fiéis ao Senhor da Igreja.

O CHAMADO DA IGREJA LOCAL

Cremos que, como igreja local, somos chamados para ser:

  1. Um povo que vive para amar profundamente a Deus e às pessoas;
  2. Uma comunidade de fé e prática cristãs, como discípulos de Jesus;
  3. Que recebeu, de graça, o presente da vida eterna através de Cristo;
  4. Que reconhece unicamente a Bíblia como a Palavra de Deus;
  5. Que conhece a Deus, na pessoa do Pai, do Filho e do Espírito Santo;
  6. Que crê no poder do Espírito Santo para viver em santidade;
  7. Que caminha em fé e cooperação com a denominação Batista;
  8. Que caminha com outras denominações genuinamente evangélicas;
  9. Que em sua administração é dirigida pela assembleia de seus membros;
  10. Um povo vencedor que subjuga o diabo, o pecado e o mundo; que busca o Reino de Deus em primeiro lugar na sua vida, manifestando-o através da demonstração do poder de Deus: pregando e evangelho, curando os enfermos, expulsando os demônios, pondo em liberdade os cativos, e declarando uma mensagem de fé, paz, perdão e amor (Mateus 10.1,8);
  11. Uma família cheia de amor, com muitos membros comprometidos e responsáveis uns pelos outros;
  12. Uma congregação de adoradores, que através da sua música, artes e louvores, juntamente com uma vida santa e obediente, exaltam e glorificam o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores: O Senhor Jesus Cristo;
  13. Um grande exército que guerreia contra o mal arrancando as vidas das mãos do diabo e trazendo-as para o Reino de Deus.

PRIMEIRA BATISTA DE CAMPO GRANDE – MS:

Nossa identidade (Quem somos):

  • Uma Igreja apaixonada por Deus e por pessoas.

 

Nossa missão em três direções:

  • Glorificar a Deus (Para cima)
  • Edificar a Igreja (Para dentro)
  • Proclamar o Salvador (Para fora)

Nosso “AMEM” intencional:

  • Alcançar novas pessoas em todas as nações;
  • Multiplicar discípulos que se reproduzam;
  • Ensinar a obedecer a tudo o que Jesus ordenou;
  • Mobilizar todos os crentes para a edificação mútua.

Nosso poder:

  • O Poder do Espírito Santo.

Nossa estratégia e compromisso de cada membro:

  • Ser e fazer discípulos de Jesus, através de relacionamentos de amor, especialmente por meio dos PGMs (Pequeno Grupo Multiplicador).

UMA IGREJA MULTIPLICADORA

O PGM é o coração da igreja local.

Somos uma Igreja Multiplicadora, ou seja, uma igreja baseada no funcionamento de seus pequenos grupos, que chamamos de PGM (Pequeno Grupo Multiplicador). Isto significa que o PGM é nossa prioridade. Isto quer dizer que tudo deve acontecer, especialmente, através e a partir dos PGMs. Você poderia pensar: “Não deveria ser missões a nossa prioridade?”. Mas, na realidade, não existe outra maneira melhor e mais eficaz de se fazer missões na igreja do que através dos PGMs. PGMs não são eficazes somente para alcançar a nossa “Jerusalém”, que é a nossa cidade; isso realmente acontece de forma impressionante, mas os PGMs também alcançam nossa “Judéia”, “Samaria” e os “Confins da Terra”. Com a visão da Igreja Multiplicadora, um enorme contingente de líderes é treinado e preparado para o ministério e missões. E o mais interessante é que isso não acontece apenas de forma teórica, mas prática.

PEQUENOS GRUPOS, GRANDES RESULTADOS

Você pode perguntar por que os PGMs são tão importantes, já que se trata de algo tão pequeno? A razão é simples; além de ser um modelo baseado na experiência bíblica dos primeiros cristãos, que tinham a igreja local em suas casas, (Romanos 16.5; 1ª Coríntios 16.19; Colossenses 5.15; Filemom 1.2) os PGMs trazem grandes resultados e benefícios para a família de Deus. É no PGM que vamos aprender a desenvolver comunhão com Deus e com os irmãos. É lá que vamos desenvolver vínculos fortes de amizade e camaradagem. É lá onde seremos cuidados, pastoreados e encorajados. É lá que vamos aprender a descobrir nossos dons e talentos, e começar a servir a Deus e à Igreja.

O PGM É O SEU LUGAR DE TREINAMENTO

Que privilégio você tem, de fazer parte de um PGM, e começar a desenvolver os dons que Deus tem lhe dado para ser usado para a glória Dele. É no PGM que você vai poder pôr em prática o que você está aprendendo nos cultos, no TADEL (Treinamento Avançado de Líderes) e na Escola do Discípulo. O PGM é o seu laboratório ministerial. É nele que você vai começar a descobrir quais são os seus dons e um jeito maravilhoso de fazer a obra de Deus.

O DISCIPULADO “UM A UM” É O CORAÇÃO DOS PEQUENOS GRUPOS

Cada seguidor de Jesus deve obedecer o mandamento de fazer discípulos. No PGM cada pessoa deve ter um discipulador e também dever ter seus discípulos. Este é um dos nossos segredos, pois acreditamos demais nesse princípio do discipulado um a um e não somente em pequenos grupos. Sempre devemos ter alguém a quem prestamos contas da nossa vida, assim como sempre devemos estar acompanhando a vida de alguém.

Todo cristão deve ter alguém que ele está ensinando, e todo cristão deve ter alguém que tem autoridade sobre ele. Não podemos andar sozinhos. Isso é muito perigoso. Você já está sendo acompanhado? Glória a Deus por isso! Agora você deve acompanhar outra pessoa. É assim que tudo funciona. Discipulado não é uma opção, é um mandamento.

CRESCENDO NA VISÃO DA IGREJA

Em nossa Igreja há uma estrutura adequada para que você receba o alimento necessário para um crescimento espiritual e emocional sadio, e também se desenvolva ministerialmente produzindo frutos.

Após a decisão por Cristo (entregar a vida a Jesus), todo novo convertido deve receber um contato dentro de 24 horas. A seguir, deve ser integrado em um PGM. Imediatamente, o líder do PGM deve providenciar-lhe um discipulador, através do qual ele receberá acompanhamento e ajuda espiritual. Os dois – o discipulador e o discípulo – devem se encontrar semanalmente para estudarem o Manual de Discipulado do Acompanhamento Inicial. Logo, o novo convertido deve ser matriculado no Curso Básico da Escola do Discípulo. Assim que possível, o novo convertido deverá ser convidado a participar do Seminário Veredas Antigas, que é maravilhoso para o trato de feridas emocionais e espirituais.

Os passos acima mencionados são alguns dos pré-requisitos para os membros da Igreja que desejam fazer o Curso Liderança, com muitos assuntos essenciais para aqueles que desejam crescer e serem líderes fortes. O Curso Liderança faz parte da Escola do Discípulo, que treina e capacita aqueles que almejam servir mais poderosamente no ministério cristão.

Enquanto o novo convertido estiver recebendo o Discipulado do Acompanhamento Inicial, ele também irá participar de um PGM e congregar em um dos cultos de celebração da Igreja. Assim, estará recebendo a dieta necessária e sob medida para o seu crescimento espiritual. Mas não para por aí. Durante a semana, no dia a dia, ele irá colocar em prática tudo o que ele estiver aprendendo.

SUBINDO A ESCADA DO SUCESSO – CRESCENDO NO REINO

A nossa jornada no Reino de Deus é muito semelhante à subida de uma escada num prédio de vários andares. Deus sempre quer levar você a experimentar novos níveis. Você se converteu e logo começou a ser discipulado. Depois, o próximo passo é começar a fazer novos discípulos. Em seguida, você deverá ser treinado pelo seu líder do PGM, e com a graça de Deus, você se tornará líder de PGM também. Precisamos saber quantos degraus têm, e identificar cada um enquanto estamos subindo. Nós, da Primeira Igreja Batista de Campo Grande-MS, temos diretrizes bem definidas para você alcançar as oportunidades de crescimento que você precisa. Seu discipulador vai conduzir você a cada nível novo.

O seu PGM vai ser o lugar onde você dará os primeiros passos na escada ministerial. O jeito de iniciar é discipulando um novo convertido do seu PGM. Mas não pare por aí. Deus quer usar você muito mais!

VÍDEOS DO CENTENÁRIO DA PRIMEIRA BATISTA

Você está a um passo de baixar o Devocional Tudo Novo!

Coloque seu e-mail e receba gratuitamente

You have Successfully Subscribed!

Você está a um passo de fazer sua pré inscrição!

Coloque seu e-mail e finalize sua pré inscrição

SUA PRÉ INSCRIÇÃO FOI FEITA COM SUCESSO!